Você está aqui:

Notícias

Pimentel autoriza eletrificação na Comunidade do Glória

15/05/2018

Fernando Pimentel autoriza início de eletrificação na Comunidade do Glória

Cerca de 15 mil pessoas que vivem em ocupação urbana serão beneficiadas com a medida; área ganhará obras de infraestrutura

 

O governador Fernando Pimentel anunciou nesta terça-feira (15/5) o início das obras para regularização das instalações elétricas na Comunidade do Glória, em Uberlândia, Território Triângulo Norte. A medida beneficia mais de 15 mil pessoas que vivem na ocupação, em moradias que contam com ligações clandestinas de água e energia elétrica, além de o esgoto ser despejado em fossas construídas pelos próprios moradores.

Pimentel ressaltou a importância de garantir moradia digna a todos os cidadãos. “Todo brasileiro e toda brasileira têm direito a uma casa digna, a moradia, condições de habitação digna com água, luz, transporte coletivo, coleta de lixo. Não tem motivo para nenhum cidadão ou cidadã, do nosso Estado ou do nosso país, não ter acesso a esse mínimo que todo mundo deve ter”, afirmou.

A iniciativa é uma parceria entre a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG), e faz parte do trabalho de regularização fundiária da ocupação, que receberá o nome de Bairro Elísson Prieto. Ao todo, cerca de 2,5 mil famílias vivem no terreno de 63 hectares, ocupado irregularmente desde o início de 2012 por famílias do Movimento Sem Teto do Brasil (MSTB).

“Demorou muito, foi preciso muito tempo para que a gente chegasse até aqui. Foi preciso que Minas Gerais elegesse um governo comprometido com a luta dos pobres, que é isso que nós somos. Nós só estamos aqui para ajudar a melhorar a vida das pessoas. Se não for por isso, não tem motivo para estar aqui”, completou o governador Fernando Pimentel.

A presidente da Associação de Moradores do Bairro Élisson Prieto, Mineia Nunes de Souza, ressaltou a luta da comunidade na busca por melhores condições de vida e de moradia. “Hoje é um dia de vitória, graças à nossa união, à nossa insistência e à nossa dedicação e ao nosso governador, que teve sensibilidade e humanidade para ver o Glória como algo importante para o seu governo”, agradeceu. 

O diretor-presidente da Cohab-MG, Alessandro Marques, lembrou do papel importante da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), responsável por doar o terreno onde vive a comunidade. “Somente quem vive no Glória sabe da importância desse momento”, disse.

A execução do cronograma será iniciada ainda em maio pela Cemig, a partir de levantamento de campo. A previsão é que as obras sejam iniciadas em setembro. Além das instalações elétricas na comunidade do Glória, a Cemig também fará ações voltadas para eficiência energética, fazendo a substituição de 10% de geladeiras em pior estado, a troca de lâmpadas atuais por LED e de chuveiros elétricos por eletrônicos para as famílias com mais de cinco moradores.

A comunidade contará com palestras educativas e orientação sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica. As famílias em condições de receber o benefício serão cadastradas na Tarifa Social de Energia Elétrica.

 

Histórico

O Glória é uma ocupação urbana do município de Uberlândia localizada às margens da BR-050. A área pertencia à Universidade Federal de Uberlândia (UFU) que aprovou, em março de 2017, a doação do terreno para o poder público. A partir de então, o governo estadual manifestou o interesse em proceder com a regularização fundiária do local. Hoje, cerca de 15 mil pessoas vivem na comunidade.

Também estiveram presentes na cerimônia, o presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga, o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, o deputado federal Odair Cunha, os deputados estaduais, Adelmo Leão e Leonídio Bouças, além de moradores da Comunidade do Glória, lideranças políticas, prefeitos e vereadores da região.

Notícias relacionadas

 Governo do Estado apoia consórcios municipais da bacia do Rio Doce na captação de R$ 50 milhões
10/08/2017

Dentre as medidas previstas no TTAC, está estabelecido o repasse de cerca de R$ 500 milhões aos municípios impactados para investimento em ações de saneamento básico, dentre os quais 10%, devem ser destinados para ações que possibilite a disposição adequada de resíduos sólidos.

Estado garante cobertura de certificação digital na capital e interior
23/08/2017

A certificação se refere a documentos sobre informações trabalhistas, fiscais, previdenciárias, entre outras, exigidas de pessoas físicas e jurídicas. A sinalização da demanda por este serviço mais regionalizado foi apresentada pela população ao Governo de Minas Gerais durante os Fóruns Regionais.

 Governo de Minas Gerais inaugura novo anexo do Presídio Regional de Montes Claros
24/08/2017

O  novo anexo conta ocupa uma área de 3.200 m² e é composta por 26 celas comuns, além de uma estrutura que permite aos Agentes de Segurança Penitenciários abrir e fechar as celas pela parte superior da edificação, evitando assim o contato direto com os detentos, minimizando possíveis riscos.