Você está aqui:

Notícias

Estado realiza a primeira Oficina de Reciclagem de 2018

13/04/2018

 Governo do Estado realiza a primeira Oficina de Reciclagem de 2018

Como parte da estratégia Artesanato em Movimento, ação é realizada no município de Carbonita, no Vale do Jequitinhonha

 

A primeira Oficina de Reciclagem de Jornal e Revista, promovida pelo Governo de Minas Gerais, por meio do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), chegou a Carbonita, no Território Alto Jequitinhonha.

A atividade, que faz parte do Artesanato em Movimento, tem o apoio da Prefeitura de Carbonita. A oficina ocorre no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo – Cras Volante.

O objetivo da atividade, realizada desde 2015, é promover novas oportunidades para as regiões Norte e Nordeste de Minas Gerais, incentivando a prática do artesanato. Com isso, pretende estimular a reciclagem, fazendo com que materiais que iriam para o lixo se transformem em arte.

“As pessoas que participam das oficinas tornam-se disseminadores da atividade no município. A ideia é incentivar o artesanato, mostrando que peças feitas com jornais podem se tornar uma fonte de renda familiar”, afirma o diretor-geral do Idene, Gustavo Xavier.

A aluna do curso e educadora social da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Tamiris Ventura, é uma das pessoas que pretendem ser disseminadoras da atividade. “Vou levar para meus alunos! As outras pessoas que estão aqui irão repassar para os alunos do Cras, então eu considero uma parceria muito boa do Governo de Minas Gerais com a Prefeitura”, diz.

As oficinas são ministradas pelo coordenador do Artesanato em Movimento, Ronaldo Lima. A ação é dirigida aos municípios da área de abrangência do Idene e integra o programa Desenvolvimento do Norte e Nordeste, que também busca promover o apoio aos artesãos em feiras e eventos que fomentem a abertura de novos mercados, criando demanda e fortalecendo a atividade, com foco na preservação, valorização e divulgação.

Em 2017 foram realizadas nove oficinas de jornal, com cerca de 110 alunos e disseminadores capacitados. Desses, alguns já estão participando de feiras e eventos, e gerando renda por meio das vendas.

Notícias relacionadas

23/03/2016

A iniciativa se pautará na ampla mobilização social, conscientizando a população para que se aproprie do projeto e participe ativamente do plantio, da manutenção e da fiscalização. A ação priorizará regiões com danos ambientais, nascentes de rios e seus afluentes e matas ciliares.

07/06/2016

Minas Gerais passa a conter com um Comitê Coordenador Estadual para cuidar da gestão, planejamento e execução do programa Cultivando Água Boa (CAB). A ação é uma iniciativa socioambiental pensada para agir na recuperação de microbacias, proteção de matas ciliares e da biodiversidade.

Minas Gerais avança na conservação e regeneração do meio ambiente
02/06/2017

Na véspera da Semana Mundial do Meio Ambiente, celebrada a partir da próxima segunda-feira (5/6), Minas Gerais tem motivos para comemorar e também muitos desafios pela frente. Dados do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, da Fundação SOS Mata Atlântica, apontam que o desmatamento do