Você está aqui:

Notícias

Seplag lança Comunidade de Simplificação

Seplag lança Comunidade de Simplificação

A Comunidade de Simplificação, que reúne servidores com objetivo de desburocratizar, modernizar e inovar a gestão pública do Estado, foi lançada nesta terça-feira (29/8) pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

A diretora Central de Modernização Institucional e Inovação em Processos, Vanice Cardoso Ferreira, apresentou o projeto. Ela enfatizou a necessidade de “movimentos de simplificação no Governo” e convidou os servidores a ajudar a pensar em formar de fortalecer a Comunidade. 

O projeto pretende ocupar espaços físicos e virtuais. Para isso, utiliza a plataforma de participação social do Governo do Estado , o Participa.MG. No portal, haverá espaço para debates, apresentação de documentos, discussões e até mesmo reuniões por videoconferência. 

“A Seplag dá suporte como coordenadora e provedora de apoio, mas os órgãos e entidades devem ser sempre os protagonistas das iniciativas de inovação e simplificação”, explicou Vanice. 

O evento, no Auditório JK da Cidade Administrativa, reuniu em uma mesa-redonda o secretário de Planejamento, Helvécio Magalhães, a subsecretária do Centro de Serviços Compartilhados (CSC), Dagmar Dutra, a secretária-adjunta de Casa Civil, Mariah Brochado, e André Macieira, professor de gestão estratégica, gestão de riscos e gestão de processos no Rio de Janeiro. A mediação foi do jornalista André Vasconcelos.

Eles discutiram as iniciativas para a simplificação do funcionamento da máquina pública estadual. O secretário Helvécio Magalhães destacou que a desburocratização é uma orientação do Governo. 

“Muitas vezes é difícil para um órgão central ouvir e captar as necessidades das várias secretarias e vários órgãos, este é o nosso esforço. A missão da equipe da Seplag é expandir esta ideia generosa e forte da simplificação. A palavra é forte o suficiente e mostra que precisamos o tempo todo pensar o que podemos e devemos fazer para melhorar nossa ação tendo como foco o cidadão. Ter o foco no cidadão e na cidadã é um esforço que tem que nos tencionar o tempo todo dentro da burocracia. Muitas vezes as ideias são tecnologicamente e institucionalmente simples e só precisam ser implantadas”, afirmou o secretário.

A subsecretária do CSC elogiou a iniciativa e falou sobre sua importância. “A simplificação devia ser um dos princípios da administração pública, assim como transparência, eficiência, moralidade, publicidade. Se não conseguimos fazer uma gestão simples, não conseguimos ser eficientes”, afirmou.

Mariah Brochado elogiou a iniciativa e disse que espera que a Comunidade de Simplificação seja institucionalizado como um projeto de Estado e não apenas de um governo. Ela também falou sobre o Núcleo Multifacetado do Estado de Minas Gerais (Numen) e o Minas de Diálogo, projetos que coordena. 

Para o professor André Macieira, um dos maiores problemas do setor público é, muitas vezes, a barreira interna de servidores que impedem a mudança. “É preciso derrubar esses obstáculos que muitas vezes está dentro das pessoas”, disse. Ele mostrou que muitas vezes perde-se muito tempo planejando um projeto e há uma demora muito grande para a implementação de fato. Com isso, a população não consegue perceber os resultados. “Vamos nos acostumando com as barreiras que nos dão e precisamos ser mais responsáveis pelas mudanças, enxergando a diferença entre barreiras internas e externas com isso acelerar as entregas para os cidadãos”.

Foi assinado também o lançamento da chamada Fapemig/Prodemge 01/2017 para o Desenvolvimento de soluções tecnológicas e inovadoras na área de Tecnologia da Informação e Comunicação para instituições da administração pública direta e indireta do Estado de Minas Gerais.

Notícias relacionadas

Lançada nova edição do Catálogo de Serviços aos Municípios
12/09/2017

Acaba de ser publicada a 2ª edição 2017 – revisada – do Catálogo de Serviços do Governo de Minas Gerais para os Municípios. Elaborado e atualizado pelo Grupo de Trabalho de Apoio aos Municípios (GTAM), a publicação contém uma lista de mais de 200 ações e programas de assessoramento técnico.

Crédito: Gil Leonardi/Imprensa MG
28/09/2017

Por meio do Sistema Eletrônico de Informações (SEI!MG), prefeituras podem solicitar doações de tratores, equipamentos agrícolas e mobiliários em geral de forma simples e ágil. Processo, além de mais rápido, é mais econômico porque evita impressão de documentos e envio via Correios

Foto: Divulgação/Seplag
28/02/2018

A Seplag é responsável pelo treinamento dos servidores de todos os órgãos do Governo para lidarem com o Sistema Eletrônico de Informações (Sei!MG), que é uma ferramenta desenvolvida para a gestão de documentos e processos na administração pública estadual.